Diário do Nordeste Plus

Ceará, descubra essa alegria

Dando continuidade à série especial sobre os principais pontos turísticos do Estado, conheça agora o Maciço do Baturité, refúgio verde de clima ameno e serrano dentro do sertão cearense





O Ceará é conhecido pelas paisagens equatoriais e o clima de veraneio por suas praias e sertão. Entretanto, uma terceira paisagem, de clima mais temperado, compõe o ecossistema do Estado: as serras.


A 106 km de Fortaleza, o Maciço de Baturité é uma das mais belas, e procuradas, regiões do interior do Ceará. Apesar de estar localizado no sertão central cearense, o Maciço uma formação geológica com muitas cachoeiras, rios e vestígios de Mata Atlântica, um contraste às vegetações secas do Estado.

O verde se espalha por 13 municípios que compõem a região: Acarape, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Baturité, Capistrano, Guraramiranga, Itapiúna, Mulungu, Ocara, Pacoti, Palmácia e Redenção. Cada uma com atrações diferentes, mas todas tendo em comum o clima agradável – com temperaturas médias em torno de 20ºC a 22ºC – e a possibilidade de se avistar, do alto, lindas paisagens.

O Maciço do Baturité é um local ideal para descansar, recuperar as energias e conhecer um pouco da história do Estado.

Uma parada quase obrigatória em Baturité é o Colégio dos Padres Jesuítas. O prédio construído no século XVIII, hoje funciona como um hotel e sede de eventos e congressos. Outra atração do município é a antiga estação ferroviária, que ainda guarda vestígios do tempo em que era uma das principais formas de transporte entre a serra e Fortaleza.

Quem for ao Maciço do Baturité deve reservar um tempo na agenda para conhecer a Área de Proteção Ambiental (APA) de Baturité, em Pacoti. A 95 km da capital, o município é ideal para os praticantes de turismo ecológico explorarem a Mata Atlântica.

Pontos Turísticos

Ali, um dos principais pontos turísticos é a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, uma das mais antigas edificações da cidade (1885). Conta-se que o povoado que deu origem a Pacoti nasceu ao redor dessa igreja. Outros locais interessantes para visitação são a Capela Nossa Senhora das Graças, o Arco Nossa Senhora de Fátima, a Capela da Donaninha e o Santuário da Nossa Senhora do Globo, que oferece bonita vista da cidade.

Para completar o passeio, o visitante pode se organizar para uma caminhada pelas áreas de preservação ambiental que cercam a cidade e participar de passeios com caiaque, pedalinho, cavalo e charrete. Também é possível visitar as áreas de cultivo de flores na região e de produção do artesanato local, feito de bordados à mão, joias em prata, carnaúba, madeira, coco, biscuit e bolsas de tecido.

Atrações e eventos

Subindo ainda mais a serra, está Guaramiranga (a 110 km de Fortaleza), um dos destinos mais charmosos do Estado; não apenas pelas belezas naturais, mas por saber combinar cultura e natureza. A cidade, com menos de 5.000 habitantes, recebe durante todo o ano eventos culturais que movimentam a economia da região e projetam a cidade no cenário turístico.

Eventos como o Festival de Jazz & Blues, realizado durante o Carnaval, o Festival Nordestino de Teatro (FNT), em setembro, e o Festival Letras, Flores e Vinhos, em novembro, além de festas religiosas e outros eventos fazem de Guaramiranga um point do turismo cultural cearense e brasileiro.

A cidade serrana também disponibiliza opções de contato com a natureza. Além das trilhas e parques ecológicos, uma das atrações principais do município é o Pico Alto, a 13 km do Centro de Guaramiranga. Com 1.114 m de altitude, o Pico é o segundo ponto mais alto do Estado e o terceiro do Nordeste. De lá é possível ter uma bela vista da região serrana e, se estiver sem neblina, a transição da serra com o sertão cearense e parte do Rio Pacoti.

Saiba mais sobre a Rota do Café

Escolha as suas opções e divirta-se!

Museu de Baturité

MUSEU DE BATURITÉ

A antiga Estação Ferroviária de Baturité abriga o Museu Municipal com acervo pertencente aos trens, mobiliário e objetos das antigas residências da Região que remontam o contexto histórico social do início do século XX.

Fazenda Caridade e os Jesuítas

FAZENDA CARIDADE E OS JESUÍTAS

Os visitantes têm a oportunidade de conhecer uma edificação religiosa majestosa com vista panorâmica do Maciço de Baturité, além de avistar a Fazenda Caridade, um verdadeiro cartão-postal do plantio do café sombreado.

Sítio Águas Finas

SÍTIO ÁGUA FINAS

Aqui você começará a percorrer os cafezais de sombra da Serra. Pela trilha, será revelada toda a história das primeiras mudas que aqui chegaram até seu atual processo de revitalização.

Sítio São Roque

SÍTIO SÃO ROQUE

Jardins, pássaros e um casarão autêntico ladeado pela capela em homenagem a São Roque compõem o cenário na propriedade, que data de 1813. Além da história do local, você poderá comprar doces feitos com as frutas do sítio.

Sítio Floresta

SÍTIO FLORESTA

O passeio mostrará todas as etapas do processo de beneficiamento do café de sombra. Desde o banco de mudas até a torra de grãos. O sítio produz uma linha de produtos naturais, derivados do café e da banana.

Sítio São Luis

SÍTIO SÃO LUIZ

Erguido pelas mãos de arquitetos holandeses, o casarão se tornou exemplar único na região com suas arcadas imponentes que guardam toda história das famílias pioneiras do cultivo do café.

Em 2015, a região recebeu mais uma atração: a Rota do Café Verde, traçada pelo escritório regional do Serviço Brasileiro e Apoio às Pequenas e Micro Empresas (Sebrae).

A rota fortalece o compromisso com a preservação ambiental e valorização histórico-cultural dos municípios de Baturité, Guaramiranga, Pacoti e Mulungu. Através do passeio, o visitante conhece desde o plantio da cafeicultura de sombra, considerada ecologicamente correta, a colheita e a comercialização dos grãos especiais para venda ou consumo nas casas especializadas, até as pousadas, hotéis e restaurantes da região.

Onde Ficar?

Mosteiro dos Jesuítas - Baturité

(85) 3347-0962 / 9 9187-6445

secretaria@mosteirodosjesuitas.com.br

www.mosteirodosjesuitas.com.br

O Mosteiro dos Jesuítas, como é conhecido, tem 93 anos e é a antiga casa apostólica dos Jesuítas. Hoje o espaço como casa de retiro espiritual e hospedaria.

Pousada Le Revê - Mulungu

(85) 3223.7260 / 9 8852.5253 (segunda a quarta) e 3328.1205 / 9 8841.1205 (quinta a domingo e feriados)

reservas@lereve.com.br

www.lereve.com.br

Situada no município de Mulungu, a 115 km de Fortaleza e a uma altitude de 830m. O clima é agradável com temperatura amena em praticamente todos os dias do ano.

Chalés Sítio Bom Retiro - Serra de Guaramiranga

(85) 3491.3644 / 9 9997.8004 / 9 8723.7010 / 9 8631.1666

obertoguaramiranga@hotmail.com

www.guaramirangaencanto.com.br

Os chalés, em estilo suíço, foram planejados de forma a preservar os recursos naturais e respeitar a privacidade entre os grupos de hóspedes.

Hotel Vale das Nuvens - Guaramiranga

(85) 9 9635.1767

reservas@valedasnuvens.com.br

www.valedasnuvens.com.br

Estando à 870 metros de altitude, o hotel garante um ótimo clima, chegando a 12ºC a noite, além de ter uma ótima vista panorâmica de Baturité, Aracoiaba e Redenção.

Chalé Nosso Sítio - Pacoti

(85) 3476.7676 / 3325.1234 / 9 9927.5917

secretaria@mosteirodosjesuitas.com.br

www.chalenossositio.com.br

Com uma área verde de 150 hectares, o chalé possui clima e temperatura agradáveis para quem gosta do contato com a natureza.

Pousada La Dolce Vita - Mulungu

(85) 9 9404.9691 / 9 8741.4624

pousadaldv@gmail.com

Com amplo verde, área de lazer e apartamentos em forma de chalé e quartos próprios para cadeirante, a Pousada La Dolce Vita é um dos pontos de hotelaria indicados pelo Guia Quatro Rodas.

Download

Baixe o aplicativo Ceará Turismo.